As últimas novidades e notícias da indústria de celulose e papel. Artigos técnicos, tendências, tecnologia, inovação, ESG, cursos e mais.

Cartão, cuchê e MWC têm queda na importação no 1T24, aponta Andipa

A importação de papel couché diminuiu 30% e para o papel cartão houve redução de 8,8%. As importações de MWC apresentaram queda de 21,8% em relação a 1T23


Os dados do Portal Comex Stat revelam que as importações de papéis no primeiro trimestre de 2024 totalizaram 142,1 mil toneladas, um aumento de 2,4% em relação às 138,8 mil toneladas do mesmo período de 2023. Detalhando por Nomenclatura Comum do Mercosul (NCMs), os papéis mais comercializados – como cartão, couché e MWC – tiveram redução nos volumes importados este ano em comparação com o mesmo período de 2023.

Notícia continua após o anúncio

No caso do papel couché, as importações deste ano (7,7 mil toneladas) representam uma redução de 30% em relação a 2023 (11 mil toneladas) e de 11,5% em relação a 2022 (8,7 mil toneladas). O grupo de papel couché é composto por quatro NCMs, classificados conforme formato (bobina ou folha) e gramatura (alta ou baixa).

As importações de couché seguiram em crescimento em 2022, fechando o ano com 50,8 mil toneladas. Em 2023, as importações diminuíram a partir do segundo trimestre, chegando a 34,6 mil toneladas no final do ano, mais próximo das 30,2 mil toneladas de 2021. No primeiro trimestre deste ano, as importações de couché se aproximaram das 8 mil toneladas internalizadas no mesmo período de 2021.

Entre os itens acompanhados pela ANDIPA, o papel cartão, classificado na NCM 4810.92.90, foi o de maior volume de importação neste ano, com 20,8 mil toneladas, 8,8% a menos que as 22,8 mil toneladas do primeiro trimestre de 2023. Comparado aos anos anteriores, houve um aumento nas importações de papel cartão, em relação às 11 mil toneladas de 2022 e às 17 mil toneladas de 2021.

No caso do MWC (NCM 4810.29.90), as importações totalizaram 19,8 mil toneladas no primeiro trimestre de 2024, contra 25,3 mil toneladas do mesmo período de 2023. Em 2022, foram registradas 14,4 mil toneladas no primeiro trimestre e um recorde anual de 90,7 mil toneladas.

Crescimento

A ANDIPA monitora regularmente as importações de quinze NCMs relacionadas a papéis, incluindo cartão, couché, cut size, jornal, LWC, MWC e offset. No primeiro trimestre deste ano, três grupos registraram aumento nas importações em comparação com o mesmo período do ano passado. No segmento de jornal (NCMs 4801.00.30 e 4801.00.90), as importações alcançaram 5,8 mil toneladas, um aumento de 23% em relação às 4,7 mil toneladas do ano anterior.

Comparado ao primeiro trimestre de 2023, quando foram importadas 3,2 mil toneladas de papel jornal, o crescimento foi de 81% este ano. Para os papéis offset (NCMs 4802.54.90, 4802.55.92, 4802.55.99 e 4802.57.99), foram importadas 5,1 mil toneladas entre janeiro e março de 2024, um aumento significativo em relação às 0,9 mil toneladas do mesmo trimestre do ano passado. As importações de papéis offset tiveram uma queda expressiva em 2020, atingindo 3,6 mil toneladas, e continuaram diminuindo em 2021, com 4,1 mil toneladas, e em 2022, com apenas 1,9 mil toneladas registradas no Comex Stat.

Desde meados de 2023, as importações de offset aumentaram significativamente, totalizando 32,2 mil toneladas no ano passado, com destaque para a NCM 4802.55.99, que sozinha totalizou 24,6 mil toneladas. Embora tenha ficado abaixo do recorde de 6,8 mil toneladas importadas em agosto de 2023, as importações na NCM 4802.55.99 continuaram acima de 1,0 mil tonelada por mês, totalizando 3,7 mil toneladas no primeiro trimestre deste ano. As importações de papéis cortados (cut size), nas NCMs 4802.56.10 e 4802.56.99, totalizaram 1,3 mil toneladas nos três primeiros meses deste ano, um aumento significativo em relação aos trimestres anteriores.

As importações de LWC, na nomenclatura 4810.22.90, têm se mantido praticamente estáveis desde 2020, quando foram importadas 1,3 mil toneladas. Em 2024, os registros totalizam 0,7 mil tonelada, um aumento em comparação com 2023, que teve 0,9 mil toneladas importadas ao longo do ano.

Leia mais e confira os gráficos no Andipa Newspaper – informativo setorial da Andipa https://andipa.org.br/newspaper

Fonte: Andipa

Últimas Notícias

Desmitificando a PL da Silvicultura 

Combatendo a desinformação sobre a silvicultura, especialistas esclarecem a produção florestal das árvores cultivadas como uma atividade sustentável

Preços mundiais dos produtos florestais mantêm cenário negativo

A produção e preços dos produtos florestais variaram na última década, com retrações na crise sanitária e recuperação seguida de novas quedas.

Demanda por produtos de papel: consequências das inundações no RS

As inundações no RS devem ter impacto limitado na demanda por papel em 2024, com forças opostas compensando-se no curto e médio prazo.

Branded Contents

INCAPE forma primeira turma do curso “Mulheres Papeleiras”

Iniciativa da INCAPE reforça o compromisso da empresa com o Pacto Global da ONU, rumo à igualdade de gêner

Thiago Karam Westphalen assume presidência da INCAPE

Thiago Karam Westphalen assume como diretor presidente da INCAPE, com planos de continuar a trajetória de sucesso da família na expansão dos negócios

Destaques Tecnológicos

Destaques tecnológicos do setor: Andritz, Contech, Hergen, Solenis, Valmet E Voith

Compartilhar

Newsletter

Mantenha-se Atualizado!

Assine nossa newsletter gratuita e receba com exclusividade notícias e novidades