As últimas novidades e notícias da indústria de celulose e papel. Artigos técnicos, tendências, tecnologia, inovação, ESG, cursos e mais.

Melhoramentos lança a Altea

A Altea, empresa de desenvolvimento imobiliário sustentável, faz parte da nova fase do reposicionamento estratégico iniciado em 2020, que inclui ainda mais duas frentes de atuação

A Melhoramentos anunciou a nova fase do seu reposicionamento estratégico iniciado em 2020, que ocorrerá em três frentes: lançamento de um novo negócio no setor imobiliário; reestruturação do modelo de negócios editorial, com ampliação do portfólio para produtos digitais; e novos produtos à base de matérias-primas renováveis para o setor de embalagens.

Notícia continua após o anúncio

A primeira fase se inicia com o anúncio da criação de Altea, empresa de desenvolvimento imobiliário sustentável, para parceiros comprometidos com as práticas ESG que buscam a segurança de uma companhia sólida, terras bem localizadas e conhecimento sobre a realidade local.

Com os projetos, avançamos em nossa estratégia que envolve, de um lado, capturar o máximo potencial dos negócios atuais e, de outro, diversificar e ampliar os nossos negócios por meio de novos produtos e serviços inovadores adjacentes.

Rafael Gibini, CEO da Melhoramentos

A nova marca da Melhoramentos nasce com um landbank de 152 milhões de m2 com potencial diversificado para projetos logísticos, industriais, turísticos, residenciais e ambientais, localizados ao redor de São Paulo (Caieiras e Bragança Paulista) e no Sul de Minas Gerais (Camanducaia e Monte Verde). Altea atuará em quatro vertentes de projetos:

  1. Logístico: com projetos em andamento que correspondem a 350 mil m2 de área bruta locável (ABL) e cerca de R$ 1,5 bilhão de investimentos.
  2. Residencial: já em andamento com o condomínio Swiss Park, na região de Caieiras, lançado em 2022, e mais cinco novos condomínios em estudo, sempre priorizando o impacto positivo no desenvolvimento econômico e ambiental da região.
  3. Turismo: em áreas situadas no entorno de Monte Verde (MG) para projetos que foquem no turismo ecológico e educação ambiental. Já existe um masterplan na região para buscar parceiros com esse foco e para desenvolver projetos que façam sentido econômico e ambiental para a região.
  4. Serviços ambientais: 79 milhões de m2 de áreas de florestas dedicadas à preservação – incluindo a Reserva Particular do Patrimônio Natural RPPN Parque Levantina – e mais de 800 nascentes. Também do total das áreas nativas, 37,4 milhões de m2 são classificados como Florestas de Alto Valor de Conservação (FAVC).

Os projetos de Altea trazem três importantes benefícios aos investidores e parceiros de negócios:

  1. Conhecimento sobre a e a região: experiência sobre a realidade local, onde a empresa está presente há mais de 100 anos, o que facilita oferecer soluções para o melhor uso das terras.
  2. Segurança e solidez: ligada à Companhia Melhoramentos, com extenso portifólio de terras e relação com instituições comprometidas com a qualidade que garantem aos parceiros de Altea a segurança de fazer negócios com uma empresa sólida e responsável.
  3. Impacto social e ambiental positivos: desde a conservação de reservas ambientais de seus projetos até o impacto na vida das pessoas, as ações de Altea estão sempre votadas à construção de um amanhã melhor.

Altea será liderada por Carolina Alcoforado, que foi transferida do cargo de COO da companhia para assumir a área de Novos Negócios e Inovação. “Ao longo dos seus mais de 130 anos, a Melhoramentos teve boa parte de sua história conectada à terra. Com Altea, damos continuidade a esse legado de desenvolver a terra para um amanhã melhor e transformar terrenos em negócios sustentáveis, gerando valor para a sociedade e para as regiões onde atuamos”, destaca a executiva.

Fonte: Melhoramentos

Leia mais sobre a Melhoramentos

Últimas Notícias

Melhoramentos anuncia nova fábrica de embalagens sustentáveis em Minas Gerais

Melhoramentos construirá fábrica de embalagens sustentáveis com fibra de celulose, 100% compostáveis, em Minas Gerais. O investimento será de R$ 40 milhões

Quem é a Lenzing? Como ela impulsionará a participação da Suzano no mercado de fibras têxteis?

Suzano expande no mercado de celulose têxtil com aquisição de 15% da Lenzing e nova unidade de produção da Woodspin para fibras sustentáveis

Irani investe mais de R$ 18 milhões em plataformas de PD&I

Projetos da Irani em PD&I (Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação) focam em inovações que abrangem o segmento de papel, embalagem, florestal e meio ambiente

Branded Contents

INCAPE forma primeira turma do curso “Mulheres Papeleiras”

Iniciativa da INCAPE reforça o compromisso da empresa com o Pacto Global da ONU, rumo à igualdade de gêner

Thiago Karam Westphalen assume presidência da INCAPE

Thiago Karam Westphalen assume como diretor presidente da INCAPE, com planos de continuar a trajetória de sucesso da família na expansão dos negócios

Destaques Tecnológicos

Destaques tecnológicos do setor: Andritz, Contech, Hergen, Solenis, Valmet E Voith

Compartilhar

Newsletter

Mantenha-se Atualizado!

Assine nossa newsletter gratuita e receba com exclusividade notícias e novidades