As últimas novidades e notícias da indústria de celulose e papel. Artigos técnicos, tendências, tecnologia, inovação, ESG, cursos e mais.

Da aquisição de dados aos modelos de predição

Abordagem probabilística da determinação de taxas de corrosão e vida útil remanescente de tubos de caldeira por perda de espessura

Este trabalho propõe uma reflexão sobre toda a jornada relacionada à medição e ao tratamento de dados de espessuras de tubos de caldeiras no setor de papel e celulose, com foco nas inspeções periódicas realizadas em paradas gerais. São apresentadas diversas diretrizes baseadas em referências internacionais e na experiência de campo, que garantem uma diagnose precisa da taxa de corrosão e vida útil remanescente dos tubos, favorecendo a tomada de decisão mais adequada no que tange ações imediatas e programáveis com foco na gestão da manutenção.

Notícia continua após o anúncio

O trabalho é dividido em três partes, sendo a primeira dedicada às estratégias para a coleta de grandes volumes de dados de medições de espessura, que superam os 20 mil pontos em uma única inspeção. São apresentadas diretrizes com foco na produtividade, minimização do erro e garantia de repetibilidade e rastreabilidade, que passam pelas etapas de análise de dados históricos, elaboração de um plano de inspeção otimizado e direcionado, sistemas de aquisição de dados em tempo real, utilização de recursos tecnológicos para cenários de corrosão específicos e especificação de setups de inspeção compatíveis com a morfologia do dano esperado com o objetivo de conferir PoD (probability of detection) adequado aos requisitos dos equipamentos.

A segunda etapa abrange os modelos de arquivamento de dados mais adequados, filtragem e tratamento de erros de medição, técnicas de correlação e extrapolação com avaliação de tendências e modelos de corrosão com aplicação da Simulação de Monte Carlo. Por fim, são confrontadas as estratégias tradicionais para tomada de decisão com uma abordagem baseada na análise probabilística e como essas ferramentas podem contribuir para a determinação do risco e aumento da confiabilidade do ativo.

Palavras-chave: caldeiras, corrosão, medição de espessura, análise probabilística, análise de dados

Referência: O PAPEL vol. 85, N.o 6, pp. 65 – 73- JUNE 2024

Autores: Lucas Jacob Bruno 1, Vitor Limongi Araújo 1
1 ISQ Instituto de Soldadura e Qualidade Ltda. Brasil

Últimas Notícias

Suzano adquire duas fábricas nos EUA por US$ 110 milhões, expandindo presença no mercado de embalagens

As fábricas são especializadas na produção de papelcartão utilizado em embalagens de líquidos e copos de papel, com uma capacidade produtiva de 420 mil toneladas anuais. Suzano adquire duas fábricas nos EUA da Pactiv Evergreen por US$ 110 milhões, fortalecendo sua posição em embalagens e papelcartão

Balança comercial do setor florestal tem alta no 1T24 puxada pelas vendas de painéis de madeira

A balança comercial do setor florestal brasileiro registrou saldo positivo de US$ 3,2 bi no 1T24, com destaque para as exportações de painéis de madeira

Madeira: exportações mostram estabilidade no primeiro semestre de 2024

A WoodFlow analisou os números de exportação de madeira do primeiro semestre de 2024. Indústrias relatam uma estabilidade na cartela de pedidos no período.

Branded Contents

INCAPE forma primeira turma do curso “Mulheres Papeleiras”

Iniciativa da INCAPE reforça o compromisso da empresa com o Pacto Global da ONU, rumo à igualdade de gêner

Thiago Karam Westphalen assume presidência da INCAPE

Thiago Karam Westphalen assume como diretor presidente da INCAPE, com planos de continuar a trajetória de sucesso da família na expansão dos negócios

Destaques Tecnológicos

Destaques tecnológicos do setor: Andritz, Contech, Hergen, Solenis, Valmet E Voith

Compartilhar

Newsletter

Mantenha-se Atualizado!

Assine nossa newsletter gratuita e receba com exclusividade notícias e novidades