As últimas novidades e notícias da indústria de celulose e papel. Artigos técnicos, tendências, tecnologia, inovação, ESG, cursos e mais.

Fundect lança pacote com R$ 22,4 milhões de investimentos em ciência

Fundect impulsiona pesquisa e inovação em MS com novos editais de bolsas. Investimentos em mestrado, projetos científicos e cooperação internacional

A Fundect (Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul) está impulsionando a pesquisa e a inovação com uma série de novos editais com recursos para bolsas de pesquisa. Em parceria com diversos órgãos e instituições, a Fundação, vinculada à Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Semadesc), anunciou os investimentos na segunda-feira (20).

Notícia continua após o anúncio

“A Fundect novamente faz história em Mato Grosso do Sul com investimentos em educação e pesquisa. Estas chamadas vão fortalecer nosso sistema de ciência, tecnologia e inovação, e melhorar a qualificação dos nossos recursos humanos com bolsas de mestrado e doutorado. Mais uma vez a Fundação exerce o papel de trabalhar e fortalecer nossa ciência”, destaca Márcio de Araújo Pereira, diretor-presidente da Fundect.

Estão no pacotaço de editais R$ 1,2 milhão para bolsas de mestrado para estudantes do IFMS, R$ 5,4 milhões para projetos selecionados na Chamada CNPq Nº 09/2023, R$ 5 milhões em 600 bolsas de Iniciação Científica para estudantes de graduação, R$ 4 milhões para apoiar atividades de pesquisa, ensino e inovação da UEMS, R$ 6,3 milhões para projetos de desenvolvimento tecnológico e de inovação das Instituições Científicas e Tecnológicas (ICTs) e Universidades do Estado, além de 300 mil para projetos conjuntos de Pesquisa e Inovação entre o Brasil e a Comunidade Francesa da Bélgica.

“Nós entendemos que esses editais são fundamentais para o desenvolvimento da pesquisa e para a formação de pesquisadores. Estas chamadas públicas fazem a junção entre Governo do Estado, ciência, inovação, universidades e desenvolvimento sustentável” ressalta o secretário Jaime Verruck, titular da Semadesc.

Conheça mais sobre cada edital:

Edital PDCTR: Fomentando o Desenvolvimento Regional
O Programa de Desenvolvimento Científico e Tecnológico Regional no Estado de Mato Grosso do Sul (PDCTR) destina R$ 6,3 milhões para bolsas e auxílios em áreas como Agronegócio, Bioeconomia, Biotecnologia, Cidades Inteligentes, Energias Renováveis, Biodiversidade, Saúde Animal, Saúde Humana, Tecnologias Sociais e Assistivas. O objetivo é promover avanços nessas áreas, com um foco especial no desenvolvimento regional.

As inscrições devem ser feitas até 26 de junho por meio do sistema SigFundect.

Chamada Especial Fundect/CNPq: Estímulo à Pesquisa Científica
Em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a Fundect lançou uma chamada especial para bolsas de produtividade para pesquisadores estaduais. O investimento total é de R$ 5,4 milhões. Segundo a Fundect, diversos pesquisadores do Estado atingiram os critérios de aprovação na chamada para bolsas de produtividade do conselho, no entanto, os recursos disponíveis não foram suficientes para atender a todos e houve a necessidade de abrir edital complementar.

As inscrições devem ser feitas até 7 de junho por meio do sistema SigFundect.

Bolsas de Iniciação Científica e Tecnológica para graduação
A Fundect está oferecendo oportunidades para estudantes de graduação se engajarem em pesquisa científica e tecnológica. Com a Chamada Especial Fundect 13/2024 – PIBIC-Fundect, estão disponíveis 600 bolsas de Iniciação Científica e Tecnológica (IC) para estudantes de graduação nas Instituições de Ensino Superior associadas ao CRIE-MS.

Cada bolsa terá valor mensal de R$ 700, pagos por 12 meses, e divididos entre estudantes das instituições Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS), Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Universidade Anhanguera (Uniderp), Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD).

As inscrições devem ser feitas até 14 de junho no sistema SigFundect.

Cooperação com o IFMS para Bolsas de Mestrado
Em um acordo de cooperação técnica com o Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS), a Fundect está destinando R$ 1,2 milhão para bolsas de mestrado para estudantes matriculados nos programas PROFNIT e PROFEPT.

Os contemplados serão selecionados mediante editais internos de seleção de bolsistas elaborados pela Propi (Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação e Pós-Graduação) do IFMS.

As inscrições podem ser feitas até 24 de maio no site do IFMS (www.ifms.edu.br).

Pesquisa Conjunta com a Bélgica

A Fundect, em parceria com o CONFAP e o Wallonie-Bruxelles International (WBI), está promovendo projetos conjuntos de Pesquisa e Inovação entre Mato Grosso do Sul e a Bélgica. Esta iniciativa visa apoiar o intercâmbio científico em diversas áreas do conhecimento, promovendo avanços significativos por meio da cooperação internacional.

Os interessados devem consultar as orientações gerais no site do CONFAP e enviar as propostas por meio da plataforma https://sistema.confap.org.br até 12 de julho.

Fortalecendo o Ensino Superior na UEMS
A Fundect está colaborando com a Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) para fortalecer o ensino superior no estado. Com dois editais, que somam R$ 4 milhões, destinados a apoiar programas de pós-graduação e graduação na universidade.

As inscrições devem ser feitas até 21 de junho por meio do site SigFundect.

Fonte: Comunicação Fundect

Últimas Notícias

Irani investe mais de R$ 80 milhões para modernização e ampliação do parque fabril

Recursos destinados pela Irani à Plataforma Gaia vão permitir a ampliação e a modernização da máquina de papel V na unidade de Campina da Alegria (SC)

Irani investe mais de R$ 18 milhões em plataformas de PD&I

Projetos da Irani em PD&I (Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação) focam em inovações que abrangem o segmento de papel, embalagem, florestal e meio ambiente

Irani Papel e Embalagem avalia novo ciclo de investimentos

Irani avalia projeto "Plataforma Neos", com expansão da base florestal, aumento da produção de celulose de fibra longa, papel para embalagens e papelão ondulado

Branded Contents

INCAPE forma primeira turma do curso “Mulheres Papeleiras”

Iniciativa da INCAPE reforça o compromisso da empresa com o Pacto Global da ONU, rumo à igualdade de gêner

Thiago Karam Westphalen assume presidência da INCAPE

Thiago Karam Westphalen assume como diretor presidente da INCAPE, com planos de continuar a trajetória de sucesso da família na expansão dos negócios

Destaques Tecnológicos

Destaques tecnológicos do setor: Andritz, Contech, Hergen, Solenis, Valmet E Voith

Compartilhar

Newsletter

Mantenha-se Atualizado!

Assine nossa newsletter gratuita e receba com exclusividade notícias e novidades