As últimas novidades e notícias da indústria de celulose e papel. Artigos técnicos, tendências, tecnologia, inovação, ESG, cursos e mais.

O que esperar do setor de árvores cultivadas em 2024?

A despeito dos desafios impostos pelo cenário macroeconômico e pelas particularidades de cada segmento vistas ao longo de 2023, competitividade crescente dos bioprodutos confere perspectivas positivas em curto, médio e longo prazos

Apesar do crescimento satisfatório registrado em 2023, com o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro crescendo 2,9% no ano passado, a atividade econômica do Brasil enfrentou um cenário desafiador, o que teve reflexos diversos para os players que compõem a indústria nacional.

Notícia continua após o anúncio

Segundo o presidente da Indústria Brasileira de Árvores (IBÁ), Paulo Hartung, as guerras e crises humanitárias, as tensões econômicas entre as potências mundiais e o aumento das preocupações com a emergência climática foram fatores desafiadores no último ano. A despeito desses desafios, a crescente competitividade dos bioprodutos confere perspectivas positivas em curto, médio e longo prazos, baseadas no uso inteligente da terra, respeito à natureza e cuidado com as pessoas.

Marcos Jank, professor sênior de Agronegócio Global do Insper, destaca que a evolução atual decorre de um processo iniciado na década de 1970, quando o Brasil combinou seus recursos naturais a um conjunto de tecnologias que permitiram a ocupação da região tropical. Isso incluiu o desenvolvimento de variedades adaptadas aos trópicos, como soja, milho, algodão e eucalipto, este último adaptado às condições climáticas brasileiras.

Além da diversidade de culturas, avanços como segunda safra e integração agricultura-pecuária-florestas plantadas (ILPF) são realidades atuais, resultado dos avanços tecnológicos conquistados nos últimos 50 anos.

Paulo Hartung destaca que o setor de árvores cultivadas é responsável por um portfólio cada vez maior de bioprodutos demandados pelos consumidores. São mais de 5 mil bioprodutos produzidos pela indústria, desde produtos amplamente conhecidos como cadernos, lápis, fraldas, papel higiênico e caixas de papelão, até novos produtos em desenvolvimento, como roupas, remédios e alimentos.

A carteira de investimentos do setor totaliza R$ 61,9 bilhões até 2028, despontando como um dos maiores aportes do setor privado brasileiro. A indústria tem materializado esses investimentos em empreendimentos que geram emprego, renda e desenvolvimento sustentável em mais de 1 mil municípios brasileiros.

O professor Marcio Funchal, da Marcio Funchal Consultoria, ressalta que o Brasil possui vantagens comparativas, como alta disponibilidade de terras, preços atrativos para compra ou arrendamento e alta produtividade dos plantios florestais. No entanto, é necessário revisar essas vantagens para garantir a competitividade futura, considerando a fragmentação de grandes projetos florestais e a chegada a regiões com logística menos privilegiada.

Leia matéria na integra no PDF:

Últimas Notícias

Maior volume, menor custo: já pensou em comprar suas bebidas em embalagens de papel?

Mercado de embalagens cresce com busca por alternativas sustentáveis. Bag in Box se destaca em bebidas como vinho e whisky, gerando economia e sustentabilidade

Eldorado Brasil aumenta produtividade florestal em até 15%

Eldorado Brasil amplia sua área florestal plantada em 30 mil hectares e registra avanços significativos em produtividade, com 15% no Incremento Corrente Anual

Celulose: segundo trimestre terá pressão negativa nos preços, aponta Rabobank

Aumento de capacidade e demanda menor colocarão pressão negativa nos preços da celulose de fibra curta na China no 2T24. Mercado aguarda nova planta da Suzano

Branded Contents

Garanta a precisão e qualidade na rastreabilidade do setor de celulose, papel e tissue

Como o setor realiza a rastreabilidade de seus produtos? Quais as soluções existentes? A Betim Coding é especializada na codificação da produção desse segmento

Contech anuncia início de atividades no México

Com negócios fechados no México, a Contech, chega ao seu décimo terceiro país em atividades, levando patentes, inovações e soluções químico-mecânicas para o segmento de celulose e papel

Solenis homenageia Suzano pelos 100 anos

Suzano, Parabéns pelos 100 anos! Uma história repleta de grandes desafios e muito sucesso. Pioneirismo, inovação, tecnologia de ponta, atributos que facilmente conferiríamos a nós...

Compartilhar

Newsletter

Mantenha-se Atualizado!

Assine nossa newsletter gratuita e receba com exclusividade notícias e novidades