As últimas novidades e notícias da indústria de celulose e papel. Artigos técnicos, tendências, tecnologia, inovação, ESG, cursos e mais.

Two Sides e o combate ao greenwashing

O greenwashing mais frequente contra o papel associa a sua produção ao desmatamento, disseminando a falsa ideia de que a sua principal matéria-prima seria obtida a partir do extrativismo em florestas nativas

A palavra “sustentável” está cada vez mais presente na comunicação de diversas marcas, produtos e serviços, com o objetivo de exibir suas boas práticas ambientais. Com as atenções voltadas para os efeitos das mudanças climáticas, cada vez mais consumidores pressionam governos e empresas a se posicionarem diante das questões ambientais e para que tomem ações efetivas para minimizar seus impactos negativos. No entanto, na busca por uma imagem mais “verde”, muitas organizações acabam praticando o chamado “greenwashing”.

Notícia continua após o anúncio

Greenwashing é a prática de se promover um produto ou serviço utilizando falsos argumentos ambientais, ou até mesmo mascarando ações que, na verdade, prejudicam o meio ambiente. A produção e o uso de papel, cartão e papelão frequentemente são vítimas desse tipo de mensagem, acusados de serem muito prejudiciais ao meio ambiente por empresas que tentam convencer os consumidores a deixar de usá-los “para ajudar a salvar o planeta”.

O greenwashing mais frequente contra o papel associa a sua produção ao desmatamento, disseminando a falsa ideia de que a sua principal matéria-prima seria obtida a partir do extrativismo em florestas nativas. Todos sabem que a celulose é extraída de árvores, mas a maioria das pessoas desconhece que essas árvores são cultivadas sistematicamente. Desconhecem, também, que o cultivo se faz normalmente em áreas já antropizadas, geralmente com algum nível de degradação devido a usos anteriores. Também é fato amplamente ignorado que o setor conserva espontaneamente mais áreas nativas do que obriga o Código Florestal.

Por encomenda de Two Sides, a empresa Toluna realizou, em 2023, a pesquisa “Trend Tracker” entre 10.250 consumidores, em 16 países na América Latina, América do Norte, Europa e África do Sul, para verificar as percepções e os hábitos dos consumidores em relação às embalagens, comunicação e artigos de papel tissue. É uma pesquisa riquíssima e que traz muitas informações relevantes para o setor. Entre outras coisas, a pesquisa mostrou que 71% dos brasileiros acreditam que a produção de papel, cartão e papelão causa desmatamento.

Até o final de 2023, Two Sides Brasil notificou mais de 340 organizações que praticavam greenwashing contra produtos de papel, cartão e papelão e conseguiu fazer com que 149 delas mudassem ou retirassem de circulação suas mensagens equivocadas. Foram desde adesivos para secadores de mãos a notícias sobre os benefícios da comunicação digital em comparação ao impresso. Apenas uma dessas comunicações impactava negativamente dezenas de milhões de consumidores.

Combater o greenwashing e prevenir empresas e consumidores sobre essas mensagens enganosas deve ser um trabalho contínuo. Não deixe de nos contatar se alguma mensagem parecer equivocada – envie um e-mail para: [email protected].

A abordagem de Two Sides para convencer organizações a deixar de praticar greenwashing é sempre amigável. Mesmo assim, a identidade do denunciante é preservada, de modo a não se criar qualquer tipo de constrangimento entre as partes.

Leia o conteúdo completo no PDF:

Últimas Notícias

Suzano lança pedra fundamental da fábrica de papel em Aracruz

A Suzano está investindo R$ 650 milhões no empreendimento que, além da produção de papel, também fará a sua conversão em papéis higiênicos na unidade

Bolder reúne indústria para promover inovação em Combustíveis Sustentáveis de Aviação

O programa para Combustíveis Sustentáveis de Aviação da Bolder reúne empresas como a Suzano, a Galp, e a Vibra, maior distribuidora de combustíveis do Brasil

International Paper anuncia aquisição da DS Smith

O acordo de aquisição da International Paper e DS Smith será de participação de 66,3% e 33,7%, respectivamente. A transação foi de US$ 9,9 bilhões.

Branded Contents

Garanta a precisão e qualidade na rastreabilidade do setor de celulose, papel e tissue

Como o setor realiza a rastreabilidade de seus produtos? Quais as soluções existentes? A Betim Coding é especializada na codificação da produção desse segmento

Contech anuncia início de atividades no México

Com negócios fechados no México, a Contech, chega ao seu décimo terceiro país em atividades, levando patentes, inovações e soluções químico-mecânicas para o segmento de celulose e papel

Solenis homenageia Suzano pelos 100 anos

Suzano, Parabéns pelos 100 anos! Uma história repleta de grandes desafios e muito sucesso. Pioneirismo, inovação, tecnologia de ponta, atributos que facilmente conferiríamos a nós...

Compartilhar

Newsletter

Mantenha-se Atualizado!

Assine nossa newsletter gratuita e receba com exclusividade notícias e novidades