As últimas novidades e notícias da indústria de celulose e papel. Artigos técnicos, tendências, tecnologia, inovação, ESG, cursos e mais.

Fiedler Automação lança programa de descarbonização industrial

Programa High Tech Low Carbon (HTLC) será apresentado oficialmente durante a FISPAL

A Fiedler Automação anunciou o lançamento do programa High Tech Low Carbon (HTLC), uma iniciativa inovadora voltada para a descarbonização industrial. O programa será oficialmente apresentado durante a feira FISPAL, em São Paulo, de 18 a 21 de junho, considerada o maior evento da América Latina para o setor de Alimentos e Bebidas.

Notícia continua após o anúncio

Nos últimos 10 anos, a Fiedler Automação observou uma mudança significativa na mentalidade do setor industrial, que passou a valorizar a economia sustentável e estratégica de recursos. Com isso, a criação do programa HTLC visa apoiar os clientes através de auditorias detalhadas em suas plantas industriais. Utilizando equipamentos de medição e técnicos especializados, a empresa identifica pontos críticos e emite relatórios técnicos para cada disciplina verificada, permitindo um acompanhamento contínuo e eficaz, mesmo após a substituição de equipamentos.

Detalhamento técnico do Programa High Tech Low Carbon

O programa HTLC inclui quatro auditorias principais: Auditoria em Performance de Vapor (APV), Auditoria em Processos Sanitários (APS), Auditoria em Sistema de Bombeamento (BomBAudit) e Auditoria em Sistemas de Ar Comprimido (auditAr). Em três dessas auditorias, a empresa utiliza equipamentos de medição para avaliar processos e equipamentos. Durante as visitas, a empresa realiza um levantamento detalhado, identificando oportunidades de melhoria e propondo substituições de componentes ou tecnologias. O objetivo é ajudar os clientes a economizar água, energia elétrica e ar comprimido, além de melhorar processos e, principalmente, reduzir as emissões de CO2.

A empresa recomenda o programa HTLC para todas as indústrias, em qualquer momento, já que praticamente todas possuem pelo menos duas das quatro disciplinas abordadas e sugere que o programa seja adotado de maneira contínua e consistente, com auditorias realizadas a cada três, seis meses ou anualmente, para identificar novas oportunidades de redução de impactos ambientais.

Áreas com maior potencial de redução

A empresa aponta que as áreas de Vapor, Bombeamento, Processos Sanitários e Ar Comprimido apresentam um grande potencial de descarbonização devido ao alto consumo energético. O potencial de redução varia conforme o porte da empresa e suas disciplinas, mas, por exemplo, no segmento de Papel e Celulose, as áreas de vapor e bombeamento têm um potencial significativo devido ao tamanho das caldeiras e sistemas de distribuição.

Como um dos grandes diferenciais do programa, a Fiedler destaca o fato das auditorias serem realizadas e geridas pela mesma empresa, dentro do mesmo centro de engenharia integrada. Isso permite uma troca de informações mais rápida e uma operação mais sinérgica entre as diferentes disciplinas. Além disso, ao fornecer soluções customizadas, a empresa conta com todo o histórico de medições e informações do cliente, facilitando o desenvolvimento, comissionamento e pós-venda.

A Fiedler Automação, com sede matriz em Blumenau-SC e 14 filiais distribuídas pelos estados de RS, SC, PR, SP, MG, GO, MT, MS e BA, conta com mais de 130 colaboradores. Com 40 anos de experiência no mercado, a empresa se dedica ao desenvolvimento de produtos, soluções Turnkey e serviços para a indústria. A Fiedler possui um Centro de Engenharia Integrada (CEI), responsável pela engenharia de aplicação, gestão de auditorias e desenvolvimento de equipamentos customizados, atendendo praticamente todos os segmentos da indústria com um portfólio diversificado de produtos e serviços.

Para mais informações, acesse: High Tech Low Carbon.

Fonte: Fiedler

Últimas Notícias

Melhoramentos anuncia nova fábrica de embalagens sustentáveis em Minas Gerais

Melhoramentos construirá fábrica de embalagens sustentáveis com fibra de celulose, 100% compostáveis, em Minas Gerais. O investimento será de R$ 40 milhões

Irani investe mais de R$ 18 milhões em plataformas de PD&I

Projetos da Irani em PD&I (Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação) focam em inovações que abrangem o segmento de papel, embalagem, florestal e meio ambiente

Irani Papel e Embalagem avalia novo ciclo de investimentos

Irani avalia projeto "Plataforma Neos", com expansão da base florestal, aumento da produção de celulose de fibra longa, papel para embalagens e papelão ondulado

Branded Contents

INCAPE forma primeira turma do curso “Mulheres Papeleiras”

Iniciativa da INCAPE reforça o compromisso da empresa com o Pacto Global da ONU, rumo à igualdade de gêner

Thiago Karam Westphalen assume presidência da INCAPE

Thiago Karam Westphalen assume como diretor presidente da INCAPE, com planos de continuar a trajetória de sucesso da família na expansão dos negócios

Destaques Tecnológicos

Destaques tecnológicos do setor: Andritz, Contech, Hergen, Solenis, Valmet E Voith

Compartilhar

Newsletter

Mantenha-se Atualizado!

Assine nossa newsletter gratuita e receba com exclusividade notícias e novidades