As últimas novidades e notícias da indústria de celulose e papel. Artigos técnicos, tendências, tecnologia, inovação, ESG, cursos e mais.

Evento mostra importância do reúso de água na indústria

Evento realizado pelo Grupo Opersan na região de Campinas reuniu 70 participantes dos mais diferentes segmentos

O seminário Conexão Opersan, realizado na cidade de Itupeva, mostrou a importância dos investimentos em reúso de água para as indústrias da região de Campinas e Jundiaí. “É uma área altamente industrializada, mas algumas cidades enfrentam dificuldades na captação de água, enquanto as empresas devem seguir padrões rigorosos no descarte de efluentes”, enfatizou o diretor-presidente do grupo, Fernando Carvalho.

Notícia continua após o anúncio

O executivo ressaltou que “o núcleo de operações do Grupo Opersan está muito bem estabelecido para oferecer um tempo de resposta adequado para cada contrato em sistemas de grande impacto e reúso”. A empresa possui um Centro de Tratamento Offsite (CTO) na cidade de Jundiaí e atende diversas grandes empresas na região. “Temos operações importantes tanto onsite quanto offsite. É um cluster que pode crescer e se desenvolver mais ainda”, estimou.
 

Um dos maiores desafios do Grupo Opersan, lembrou Carvalho, é atender aos altos padrões exigidos na qualidade no descarte de efluentes realizado pelas empresas da região do Rio Jundiaí, que está totalmente despoluído desde 2017. “É preciso atender a essas qualificações. Quanto mais restrito o descarte, maior a necessidade de tecnologia e conhecimento. Isso é o nosso grande diferencial, com a qualificação técnica do time da Opersan”, destacou.
 

O seminário Conexão Opersan, realizado no último dia 13, reuniu cerca de 70 representantes de empresas e de instituições públicas e privadas dos mais diversos setores econômicos. Foi o caso de Luiz Bezerra, que representou a Associação Latino-Americana de Dessalinização e Reúso de Água (Aladyr) e participou de painel sobre soluções e cases de reúso de água. “O seminário promoveu uma discussão plural sobre o tema do reúso. Eventos como o Conexão fomentam questões técnicas, políticas, de gestão e das dificuldades enfrentadas pelas indústrias”, detalhou.
 

Outro participante do painel foi Fernando Rocha, site head da indústria química de origem britânica Croda, com fábrica em Campinas. “Começamos há seis anos uma parceria com a Opersan, com uma estação de tratamento de efluentes. Fiquei muito satisfeito em participar de um painel que tratou de um tema tão importante para a sociedade e o mercado. Tive muitos aprendizados, além de realizar contatos com outras empresas”, ressaltou.
 

Clientes atuais e potenciais também aprovaram a iniciativa, como Luciano Pereira, supervisor de Manutenção e Utilidades da JSP Brasil, multinacional de origem japonesa fabricante de materiais plásticos, com fábrica em Santo Antonio de Posse. “Estamos desenvolvendo uma parceria com a Opersan. Este evento foi uma boa oportunidade para conhecermos melhor as atividades desempenhadas pela empresa”, finalizou.

Melhores soluções

O diretor de Novos Negócios do Grupo Opersan, Diogo Taranto, ressaltou que o objetivo do seminário foi levar aos participantes do evento as melhores soluções para a área de reúso. “Foi um evento de muito compartilhamento técnico, de grandes tecnologias, com empresas líderes de mercado. Queremos propor aos clientes a melhor relação de investimento e operação”, explicou.
 

Taranto também destacou como ponto alto do evento a realização do painel técnico, mediado por ele, que “proporcionou visão multidisciplinar e muito independente de um órgão privado, um empresário, o olhar do ente público sobre como enxerga as indústrias do entorno na questão ambiental, além de dois consultores, incluindo uma associação latino-americana de dessalinização e reúso. Isso fez com que surgissem novas ideias e conexões”, salientou. Participaram do painel, Luiz Panutti (Companhia de Saneamento de Jundiaí), Virgínia Sodré (Infinity Tech), Luiz Bezerra (Aladyr) e Fernando Rocha (Croda).
 

Taranto ressaltou, ainda que a Opersan apresentou seu posicionamento e sua relação com o mercado, além de um case de sucesso de reúso no estado de São Paulo: uma solução de tratamento de efluentes que foi desenvolvida para uma fábrica de latas de alumínio em Cabreúva.

Como foi a programação:

Abertura e boas-vindas com Fernando Carvalho, diretor-presidente do Grupo Opersan.
 

Apresentação Institucional do Grupo Opersan, com Diogo Taranto, diretor de Desenvolvimento de Negócios.
 

Case sobre Reúso Industrial em Fábrica de Latas de Alumínio, com Marcel Sandoval, especialista do Grupo Opersan.
 

Palestra e case: “Tratamento de Água, Efluentes e Reúso para Indústria Alimentícia com Membranas”, com o gerente regional da empresa Toray, Marcelo Bueno.
 

Painel com representantes e parceiros: participação de Luiz Panutti (Companhia de Saneamento de Jundiaí), Virgínia Sodré (Infinity Tech), Luiz Bezerra (Aladyr) e Fernando Rocha (Croda), com mediação de Diogo Taranto, diretor de Novos Negócios da Opersan.
 

Palestra e case: “Sistema MBR de Tratamento de Efluentes com a Tecnologia de Placas Planas”, com o gerente regional da empresa Kubota, Daniel Paiva Pava.
 

Palestra e case: “Tratamento Terciário Avançado com Ultrafiltração e Osmose Reversa”, com a engenheira química Alessandra Piaia e a bacharel em química Juliana Morganti, da empresa DuPont.
 

Encerramento com Diogo Taranto, diretor de Desenvolvimento de Negócios da Opersan, e Fernando Carvalho, diretor-presidente do Grupo Opersan.

Fonte: Grupo Opersan

Últimas Notícias

Veracel Celulose comemora 33 anos

Companhia com atuação no Sul da Bahia construiu trajetória produzindo celulose da Bahia para o mundo de forma sustentável

Suzano adquire duas fábricas nos EUA por US$ 110 milhões, expandindo presença no mercado de embalagens

As fábricas são especializadas na produção de papelcartão utilizado em embalagens de líquidos e copos de papel, com uma capacidade produtiva de 420 mil toneladas anuais. Suzano adquire duas fábricas nos EUA da Pactiv Evergreen por US$ 110 milhões, fortalecendo sua posição em embalagens e papelcartão

Balança comercial do setor florestal tem alta no 1T24 puxada pelas vendas de painéis de madeira

A balança comercial do setor florestal brasileiro registrou saldo positivo de US$ 3,2 bi no 1T24, com destaque para as exportações de painéis de madeira

Branded Contents

INCAPE forma primeira turma do curso “Mulheres Papeleiras”

Iniciativa da INCAPE reforça o compromisso da empresa com o Pacto Global da ONU, rumo à igualdade de gêner

Thiago Karam Westphalen assume presidência da INCAPE

Thiago Karam Westphalen assume como diretor presidente da INCAPE, com planos de continuar a trajetória de sucesso da família na expansão dos negócios

Destaques Tecnológicos

Destaques tecnológicos do setor: Andritz, Contech, Hergen, Solenis, Valmet E Voith

Compartilhar

Newsletter

Mantenha-se Atualizado!

Assine nossa newsletter gratuita e receba com exclusividade notícias e novidades