As últimas novidades e notícias da indústria de celulose e papel. Artigos técnicos, tendências, tecnologia, inovação, ESG, cursos e mais.

     

    Instituto Senai de Tecnologia em Celulose e Papel amplia foco em sustentabilidade

    Futuro da atividade passa pelo emprego de materiais avançados, sendo a inovação sustentável o caminho mais seguro

    Em um cenário industrial sempre mais competitivo e de constantes transformações são cada vez mais comuns projetos que exigem a implementação de processos inovadores e práticas sustentáveis aplicadas a produtos e serviços. Não só pela necessidade do mercado, mas por uma questão de responsabilidade social e ambiental com as futuras gerações.

    Notícia continua após o anúncio

    A busca por essas práticas sustentáveis abrange desde a conservação de recursos naturais até a promoção social e econômica. É neste sentido que caminham as ações do Instituto Senai de Tecnologia em Celulose e Papel (IST), que visa sustentabilidade associada ao setor industrial.

    “Promovemos a inovação e o desenvolvimento de tecnologias limpas, impulsionando uma economia mais equitativa”, explica Adriane de Paula, coordenadora do Instituto. Ela esclarece que essa atuação junto às indústrias ocorre em todas as etapas, desde a bancada até o produto final.

    “Os obstáculos nunca serão maiores do que o desejo de inovar, criar e repensar processos e produtos empregando uma visão sustentável”, acrescenta. Por isso, novas parcerias entre o IST e diversos setores industriais vêm sendo firmadas com intenção de inserir matérias-primas biodegradáveis, incluindo rejeitos industriais e agroflorestais na produção de materiais avançados sustentáveis. Segundo a coordenadora, desses setores destacam-se empresas do segmento de embalagens, automotivas, alimentícias, madeireiro, de bioenergia e papel e celulose.

    “Como diferencial, o IST possui uma equipe profissional multidisciplinar formada por engenheiros, mestres e
    doutores, que contam com equipamentos de última geração na produção destes materiais”, reforça. Entre as
    tecnologias disponíveis no local estão reator quantum, biorreatores, digestor modificado, prensas e injetoras.
    A estrutura conta ainda com uma central analítica contendo HPLCs, microscopia eletrônica (MEV), além de um
    laboratório de testes físicos de papéis e capacidade de testes mecânicos em materiais poliméricos, que analisa
    os novos materiais tanto em escala macro como em escala micro e nanométrica.

    Outro ponto forte da atuação do IST é focado em parcerias que ampliam o atendimento às indústrias.
    “Atualmente, elas nos auxiliam no desenvolvimento de embalagens funcionais com propriedade de barreira,
    empregando nanomateriais funcionalizados ou não, produção de novos materiais poliméricos, no aprimoramento de novos produtos e bebidas, painéis para o setor madeireiro, além de produção de papéis especiais”, detalha a coordenadora do IST. Ela complementa que em todas essas parcerias, o IST atua como referência em soluções para o desenvolvimento sustentável da indústria, sendo protagonista dos projetos.

    Adriane sustenta que a busca por uma indústria tecnológica, inovadora e sustentável começa por cada um.
    “Seja quando adotamos um estilo de vida mais sustentável, quando optamos por marcas que de fato cumprem
    com sua responsabilidade adotando práticas sustentáveis em seus processos produtivos e também dando uma
    destinação adequada aos seus resíduos. Dessa forma estamos contribuindo para a mitigação das mudanças
    climáticas, com a preservação da biodiversidade e a construção de comunidades mais resilientes”, reforça.

    Sobre o Instituto Senai de Celulose e Papel
    O Instituto Senai de Tecnologia em Celulose e Papel, de Telêmaco Borba-PR, conta com equipe experiente tanto na área laboratorial como industrial. Os investimentos em equipamentos nos últimos cinco anos ultrapassam R$ 15 milhões, além de parcerias com institutos europeus, que geraram aumento na infraestrutura.

    Últimas Notícias

    Portocel iniciará movimentação de fertilizantes em conjunto com a Adufértil

    A expectativa é movimentar pelo Portocel entre 120 mil e 180 mil toneladas/ano de fertilizantes. Entre os clientes estão a Suzano e outros players do segmento

    Klabin lança papel colmeia, alternativa sustentável ao plástico-bolha

    A Klabin lançou o papel colmeia sustentável, reciclável e versátil, visando promover a economia circular e substituir o plástico-bolha

    SupriJá: a plataforma online da Suzano para impulsionar vendas

    A Suzano lançou a primeira etapa para uma plataforma, SupriJá, que busca impulsionar as vendas de parceiros focados no universo de materiais de escritório

    Branded Contents

    Wana transformando inovação em solução

    A WANA é uma empresa 100% nacional com mais de 20 anos de atuação, especialista na produção de aditivos químicos poliméricos para diversos mercados,...

    Valmet e Suzano investem em inovação e tecnologia para impulsionar o desenvolvimento sustentável da indústria

    Suzano e Valmet celebram uma década de parceria em Imperatriz, MA, marcada por avanços tecnológicos e sustentabilidade na produção de celulose

    IPEL Revoluciona Gestão de Insumos Químicos e Amplia Competitividade com Siderquímica

    Em resposta ao aumento dos custos de produção, a fabricante de papéis tissue IPEL reformulou sua gestão de insumos químicos em parceria com a Siderquímica. Resultando em redução de custos, estabilidade operacional e melhoria na qualidade dos produtos, a colaboração gerou benefícios expressivos e promete futuras inovações.

    Compartilhar

    Newsletter

    Mantenha-se Atualizado!

    Assine nossa newsletter e receba com exclusividade novidades e notícias do setor.