As últimas novidades e notícias da indústria de celulose e papel. Artigos técnicos, tendências, tecnologia, inovação, ESG, cursos e mais.

     

    Resultados Positivos No 2T14 Para A Suzano

    O processo de redução da alavancagem da Suzano Papel eCelulose tem refletido em bons resultados para empresa verificados no 1T14 ereafirmados no 2T14, conforme a apresentação da empresa realizada aosacionistas e imprensa no dia 15 de agosto último.

    Notícia continua após o anúncio

    Um aumento significativo de 48% na produção de celulose(+244 mil toneladas) e no volume de vendas de 59% (259 mil toneladas) emcomparação ao mesmo período de 2013 foram os responsáveis por grande partedesses resultados devido ao startup da unidade Imperatriz, no Maranhão, noinício deste ano. As vendas de papel também tiveram desempenho satisfatório nomercado interno em comparação ao mesmo período de 2013, com alta de 2% para 319mil toneladas de papéis comercializas.

    Com isso, a empresa obteve um crescimento de 28% em seuEBITDA (resultado antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado em relação ao mesmo período de 2013, totalizando R$ 521milhões. Já em relação ao 1T14 o aumento foi de 7%, mas, contudo, o lucrolíquido de R$ 97 milhões foi menor ante os R$201 milhões. 

    Conforme Walter Schalka, CEO da Suzano, o EBITDA ficou abaixo da expectativa no trimestre, que foi prejudicado por contada valorização do câmbio médio no período, impactando em queda no preço dacelulose, além dos impactos do custo de energia. O atraso na extensão férrea naunidade de Imperatriz, também atingiu o escoamento da produção econsequentemente os custos de produção.

    Por conta dessas oscilações no preço da celulose, uma dasmedidas adotadas para contornar a situação foi o gerenciamento de produçãocom redução de 30 mil toneladas na Linha 1 da Unidade Mucuri no primeirotrimestre e demais melhorias no desempenho operacional da empresa. A venda deenergia, a qual a Suzano se tornou superavitária com a unidade de Imperatriz,também foi favorecida pelo momento atual, equilibrando a compra de energia pelaunidade da empresa em Suzano (SP).

    A partir de julho deste ano a unidade de Mucuri (BA)também passou a comercializar o excedente de energia, bem como um novodigestor previsto para o próximo ano na unidade de Suzano (SP) contribuirá para redução de custos emelhoria na eficiência energética da companhia. O executivo destacou ainda afinalização da aquisição da Vale florestar em 8 de agosto último e a relevânciadessa negociação no seu aspecto financeiro, pois a empresa pôde estender pagamentos,liberando o seu fluxo de caixa.

    Últimas Notícias

    Portocel iniciará movimentação de fertilizantes em conjunto com a Adufértil

    A expectativa é movimentar pelo Portocel entre 120 mil e 180 mil toneladas/ano de fertilizantes. Entre os clientes estão a Suzano e outros players do segmento

    Klabin lança papel colmeia, alternativa sustentável ao plástico-bolha

    A Klabin lançou o papel colmeia sustentável, reciclável e versátil, visando promover a economia circular e substituir o plástico-bolha

    SupriJá: a plataforma online da Suzano para impulsionar vendas

    A Suzano lançou a primeira etapa para uma plataforma, SupriJá, que busca impulsionar as vendas de parceiros focados no universo de materiais de escritório

    Branded Contents

    Wana transformando inovação em solução

    A WANA é uma empresa 100% nacional com mais de 20 anos de atuação, especialista na produção de aditivos químicos poliméricos para diversos mercados,...

    Valmet e Suzano investem em inovação e tecnologia para impulsionar o desenvolvimento sustentável da indústria

    Suzano e Valmet celebram uma década de parceria em Imperatriz, MA, marcada por avanços tecnológicos e sustentabilidade na produção de celulose

    Instituto Senai de Tecnologia em Celulose e Papel amplia foco em sustentabilidade

    Em um cenário industrial sempre mais competitivo e de constantes transformações são cada vez mais comuns projetos que exigem a implementação de processos inovadores...

    Compartilhar

    Newsletter

    Mantenha-se Atualizado!

    Assine nossa newsletter e receba com exclusividade novidades e notícias do setor.