Suzano Gera Renda Extra Para Artesãs(Ãos)

    Loja instalada na Unidade da Suzano gera renda extra para artesãs(ãos) e produtores rurais de Três Lagoas (MS)
    O estabelecimento ‘Espaço Sustentabilidade’ comercializa produtos de projetos sociais apoiados pela companhia e atrai cerca de 100 colaboradores(as) por semana
    Além da loja, a Suzano promove, quinzenalmente, a Feirinha Sustentável, em que agricultores familiares podem comercializar seus produtos dentro da Unidade
     
    Com o objetivo de fortalecer ainda mais as iniciativas da empresa voltadas para a geração de trabalho e renda na cidade e no campo, a Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, inaugurou uma loja para que artesãos(as), agricultores(as) familiares e apicultores(as) possam expor e comercializar seus produtos dentro da Unidade da companhia em Três Lagoas. O estabelecimento comercial, que recebeu o nome de Espaço Sustentabilidade, foi aberto no ano passado e, em poucos meses, já gerou uma renda extra de R$ 20 mil aos participantes. A média de visitantes também tem superado a expectativa: são cerca de 100 colaboradores(as) passando pelo local toda semana; muitos deles e delas, compradores em potencial dos itens ali ofertados.
     
    “A Suzano vem mantendo o seu compromisso de contribuir com o desenvolvimento social nas comunidades onde atua. São diversas iniciativas visando, principalmente, gerar trabalho e renda para as famílias da região, fomentando a vocação dessas comunidades, seja no artesanato, na agricultura familiar ou na apicultora. O Espaço Sustentabilidade vem para fortalecer essas ações, possibilitando um novo ponto para que essas famílias possam comercializar seus produtos, gerando mais trabalho e renda na região”, ressalta Israel Batista Gabriel, coordenador de Desenvolvimento Social da Suzano.  
     
    Atualmente, o Espaço Sustentabilidade conta com a participação de quatro instituições apoiadas pela companhia: ACLAMS (Associação Costa Leste de Mato Grosso do Sul), ATLA (Associação Três-lagoense de Apicultores), COOPERAMS (Cooperativa Apícola de Mato Grosso do Sul) e a Associação 20 de Março (20 de março e Nogueira Campos). Os grupos integram iniciativas da empresa, tais como: Arte feita à mão, em parceria com o Sebrae para impulsionar o artesanato local; Programa Colmeias, de fomento da apicultura e iniciativas para o fortalecimento da agricultura familiar, respectivamente.
     
    Para Aline Araújo, presidente da ACLAMS, os resultados obtidos com o Espaço Sustentabilidade têm superado as expectativas e esta foi só uma das mudanças proporcionadas pelo apoio da companhia. “Estamos falando de um espaço dentro de uma Unidade da Suzano e saber que colaboradores(as) estão passando para conhecer o nosso trabalho é bastante recompensador. Depois que a Suzano passou a nos apoiar com capacitações, consultorias e oficinas, fomos capazes de criar uma identidade cultural e transformar o que para nós era um hobby em profissão, com isso, artesãs que ganhavam R$ 200 por mês, hoje têm uma renda de quase R$ 2 mil mensais”, completa.
     
    A variedade de opções em exposição no local é grande, englobando produtos que vão de artesanato, como pelúcias, quadros, chaveiros, tapetes, biscuits, canecas, entre outros, a produtos alimentícios, como pães, bolos, geleias, bolachas e doces em geral, além de um espaço para produtos apícolas, com produtos derivados do mel.
     
    Feirinha Sustentável
    Além do Espaço Sustentabilidade, a Suzano ainda promove a Feirinha Sustentável, evento quinzenal em que assentamentos apoiados pela Suzano são convidados para comercializarem seus produtos dentro da Unidade com o objetivo de gerar uma fonte de renda extra às famílias do campo.
     
    A feirinha conta com produtos agroecológicos tais como frutas, verduras, legumes, temperos e outros, produzidos por agricultores(as) familiares das comunidades:  Associação 20 de Março e dos projetos Hortas Urbanas, desenvolvidos em parceria com Missão Salesiana e AEMS/Cinturão Verde.
     
    Todos os hortifrutis são produzidos pelo sistema agroecológico, de forma sustentável e sem o uso de defensivos agrícolas. “Assim como ocorre com o Espaço Sustentável, o objetivo da feirinha é servir como mais um canal de venda aos agricultores(as) familiares que integram nossas iniciativas. Na Suzano, temos um direcionador que diz que ‘Só é bom para nós se for bom para o mundo’, e iniciáticas como estas ajudam a movimentar a economia, a gerar de trabalho e renda extra para essas famílias e ainda proporcionam a chance de os nossos colaboradores(as) adquirem alimentos frescos, diretos da terra e sem o uso de qualquer defensivo”.
     
    Casa do artesão
    O apoio da Suzano à ACLAMS para o fortalecimento do artesanato regional teve início em 2021, quando, em parceria com o Sebrae, a companhia deu início ao projeto “Arte feita a mão”. Após uma série de oficinas e consultorias sobre gestão e diferentes técnicas de artesanato, o projeto resultou em catálogo de peças inspiradas no Cerrado de MS, lançado em julho do ano passado. A data também marcou a reinauguração da Casa do Artesão de Três Lagoas, agora sob a gestão da ACLAMS.
     
    A Casa do Artesão fica na avenida Aldair Rosa de Oliveira, 470 – Circular da Lagoa Maior. No local, estão disponíveis peças produzidas por artesãs e artesãos de toda a região leste do Estado.
     
    Já os produtos dos Programas Colmeias e fortalecimento da agricultura familiar, podem ser encontrados em locais como: feira livre e feira noturna.
    Fonte: Suzano

    Últimas Notícias

    Klabin anuncia investimentos de R$ 4,5 bi para 2024

    Como fato relevante ao mercado, a companhia divulgou as projeções de investimentos com R$ 4,5 bilhões destinados à silvicultura, continuidade operacional, projetos especiais, a nova caldeira de Monte Alegre e aportes ainda previstos ao Puma II

    Com investimento de R$ 33 milhões, Valmet inaugura nova unidade industrial em Sorocaba (SP)

    A Valmet inaugura um centro de R$ 33 milhões em Sorocaba para manutenção de rolos de papel e celulose, fortalecendo sua presença na América do Sul.

    Segmento de aparas poderá enfrentar desafios para abastecer o mercado

    "Com a economia dando sinais de recuperação, se a demanda iniciar 2024 aquecida, poderemos ter falta de material mesmo com o mercado continuando a receber grandes volumes de papel de fibra virgem", aponta Pedro Vilas Boas, da Anguti Consultoria

    Branded Contents

    Instituto Senai de Tecnologia em Celulose e Papel amplia foco em sustentabilidade

    Em um cenário industrial sempre mais competitivo e de constantes transformações são cada vez mais comuns projetos que exigem a implementação de processos inovadores...

    IPEL Revoluciona Gestão de Insumos Químicos e Amplia Competitividade com Siderquímica

    Em resposta ao aumento dos custos de produção, a fabricante de papéis tissue IPEL reformulou sua gestão de insumos químicos em parceria com a Siderquímica. Resultando em redução de custos, estabilidade operacional e melhoria na qualidade dos produtos, a colaboração gerou benefícios expressivos e promete futuras inovações.

    Química Nova Brasil: Inovação e Excelência no Setor Químico Nacional

    A Química Nova Brasil (QNB) destaca-se no mercado de produtos químicos pela inovação e qualidade, fundamentada em alta tecnologia e uma equipe especializada. Com estratégias bem definidas e visão para o futuro, a empresa está posicionada para liderar e expandir sua presença na indústria.

    Compartilhar

    Newsletter

    Mantenha-se Atualizado!

    Assine nossa newsletter e receba com exclusividade novidades e notícias do setor.