As últimas novidades e notícias da indústria de celulose e papel. Artigos técnicos, tendências, tecnologia, inovação, ESG, cursos e mais.

Case (Acolchoamento)

Alguns critérios, não normalizados, eram usados
por alguns usuários para especificar situações
de APROVAÇÃO ou de REJEIÇÃO de embalagens
de papelão ondulado na inspeção de recebimento
pelo Controle de Qualidade. Diria que são coisas do
passado. Lembrá-los é mais uma curiosidade para ilustrar
um case que queremos apresentar aqui.
Um determinado usuário tinha por critério aprovar um
lote de embalagem somente após um teste que consistia em
sujeitar a embalagem, com o seu conteúdo, a uma queda
livre de 2 m de altura sobre um piso rígido (cimentado)!
Especifi cação da embalagem
Dimensões: 400 x 400 x 1000
Papelão ondulado: PD/BC
Gramatura: 1860 g/m² – Espessura 7 mm
Conteúdo
Produto: Café Solúvel
Peso: 40 kg (dentro de um saco plástico)
Inspeção no recebimento da embalagem
O conteúdo era colocado na embalagem
A embalagem era selada com cola hot-melt
A embalagem era submetida a uma queda livre de
2 m de altura
Decisão
Aprovação: Não havendo qualquer ruptura
Rejeição: Ocorrendo alguma ruptura
ABPO – Associação Brasileira
do Papelão Ondulado.
Saiba mais em: www.abpo.org.br

O tipo de ensaio era uma exigência do usuário.
Amostras para ensaio foram enviadas e rejeitadas.
Analisada a situação pelo projetista, ele concluiu,
acertadamente, que o problema estava no poder de
acolchoamento que o papelão ondulado deveria oferecer.
O papelão ondulado era fabricado com dois
miolos de 230 g/m com alta resistência ao Esmagamento
e capas de 400g/m. Um miolo mais leve foi
usado, e o problema foi solucionado. (Utilizar duas
ondas A poderia também ajudar; AA, porém, raramente
se fabricava).

O acolchoamento não é uma característica controlada
rotineiramente pelo fabricante de embalagens
de papelão ondulado. E não consta em suas Tabelas
de Especificações. É, porém, uma preocupação
dos fabricantes de produtos eletrônicos que submetem
suas embalagens com seus conteúdos a ensaios
de Impacto ou Queda Livre (Drop-Test).
Para alguns produtos frágeis o acolchoamento é
ignorado propositalmente. “Janelas” são abertas nas
faces da embalagem para que os produtos sejam vistos
pelos transportadores; essas áreas ficam desprotegidas.
O que se deseja é alertar os transportadores
para tratar a embalagem cuidadosamente; no manuseio
e no transporte.

Últimas Notícias

Irani investe mais de R$ 80 milhões para modernização e ampliação do parque fabril

Recursos destinados pela Irani à Plataforma Gaia vão permitir a ampliação e a modernização da máquina de papel V na unidade de Campina da Alegria (SC)

Irani investe mais de R$ 18 milhões em plataformas de PD&I

Projetos da Irani em PD&I (Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação) focam em inovações que abrangem o segmento de papel, embalagem, florestal e meio ambiente

Irani Papel e Embalagem avalia novo ciclo de investimentos

Irani avalia projeto "Plataforma Neos", com expansão da base florestal, aumento da produção de celulose de fibra longa, papel para embalagens e papelão ondulado

Branded Contents

INCAPE forma primeira turma do curso “Mulheres Papeleiras”

Iniciativa da INCAPE reforça o compromisso da empresa com o Pacto Global da ONU, rumo à igualdade de gêner

Thiago Karam Westphalen assume presidência da INCAPE

Thiago Karam Westphalen assume como diretor presidente da INCAPE, com planos de continuar a trajetória de sucesso da família na expansão dos negócios

Destaques Tecnológicos

Destaques tecnológicos do setor: Andritz, Contech, Hergen, Solenis, Valmet E Voith

Compartilhar

Newsletter

Mantenha-se Atualizado!

Assine nossa newsletter gratuita e receba com exclusividade notícias e novidades