As últimas novidades e notícias da indústria de celulose e papel. Artigos técnicos, tendências, tecnologia, inovação, ESG, cursos e mais.

Redução de quase 77% no consumo de água na MD Papéis

A redução conquistada na produção de papelcartão ao longo de 13 anos é resultado da utilização de água de reuso na produção da matéria-prima e da contribuição da fabricante para a promoção da economia circular

Ao longo de 13 anos, a fabricante de papelcartão MD Papéis, com sede em Limeira (SP), tem atuado fortemente na redução do seu consumo de água. Alcançando uma redução de 76,9% na utilização da água para a produção da matéria-prima, o resultado foi atingido com a substituição da captação de água proveniente de poços e do Ribeirão Tatu, que fica próximo à empresa, por água de reuso no processo de fabricação.

Notícia continua após o anúncio

Em 2010, a captação total de água proveniente do sistema hídrico da cidade e de poços, no processo de fabricação, era de cerca de 113 mil m³/mês. Mas, em 2023, a empresa conseguiu reduzir o volume captado para 26 mil m³/mês. Além disso, do total de 187,9 mil m³/mês de efluentes líquidos da produção, tratados pela MD Papéis, a empresa reprocessa e reutiliza quase 162,7 mil m³/mês, cumprindo a legislação sobre a destinação desses rejeitos e deixando de lançá-los no emissário municipal.

O diretor de Operações da MD Papéis, Aldinir Nascimento, comemora essa importante conquista. “Deixar de captar um alto volume de água e ainda tratar nossos rejeitos líquidos, promovendo o descarte responsável, são exemplos da economia circular e da sustentabilidade empresarial que cada vez mais buscamos atingir. Continuamos empenhados em desenvolver e aperfeiçoar processos, para que a fabricação do nosso papelcartão seja cada vez mais eficiente e sustentável”, ratifica Nascimento.

MD Papéis segue a NBR 9800/1987

De acordo com a norma brasileira da ABNT – NBR 9800/1987, os efluentes industriais são despejos líquidos provenientes das áreas de processamento industrial. Esses materiais apresentam poluição por produtos utilizados ou produzidos na indústria e podem causar danos ambientais se não forem tratados adequadamente. A legislação brasileira também estabelece penalidades para as empresas que não cumprem os processos estabelecidos para os rejeitos industriais.

Fonte: MD Papéis

Últimas Notícias

Embalagens de papelão ondulado: cenário é de crescimento, aponta Empapel

Depois de dois meses de expedições fortes, o setor de papelão ondulado elevou as estimativas de crescimento. A FGV/Ibre projeta 2,8%, em cenário moderado

Metsä Group estuda a construção de fábrica para embalagens

Metsä Group inicia projeto para fábrica de embalagens Muoto™, alternativas sustentáveis ao plástico. Os produtos Muoto™ são bioprodutos renováveis e recicláveis

União Europeia aprova a fusão entre a Smurfit Kappa e a WestRock

Fusão entre Smurfit Kappa e WestRock é aprovada pela UE devido à sua posição limitada no mercado. Decisão tomada sob procedimento simplificado.

Branded Contents

Garanta a precisão e qualidade na rastreabilidade do setor de celulose, papel e tissue

Como o setor realiza a rastreabilidade de seus produtos? Quais as soluções existentes? A Betim Coding é especializada na codificação da produção desse segmento

Contech anuncia início de atividades no México

Com negócios fechados no México, a Contech, chega ao seu décimo terceiro país em atividades, levando patentes, inovações e soluções químico-mecânicas para o segmento de celulose e papel

Solenis homenageia Suzano pelos 100 anos

Suzano, Parabéns pelos 100 anos! Uma história repleta de grandes desafios e muito sucesso. Pioneirismo, inovação, tecnologia de ponta, atributos que facilmente conferiríamos a nós...

Compartilhar

Newsletter

Mantenha-se Atualizado!

Assine nossa newsletter gratuita e receba com exclusividade notícias e novidades