As últimas novidades e notícias da indústria de celulose e papel. Artigos técnicos, tendências, tecnologia, inovação, ESG, cursos e mais.

Preços internacionais de celulose continuam a subir em abril e maio de 2024

Preços internacionais da celulose aumentam em abril e maio de 2024, com destaque para a Europa e China. Alta reflete custos de produção e ajusta margens de lucro.

Os preços internacionais da celulose têm aumentado em abril e maio de 2024 nos principais mercados internacionais. A Norexeco indica que o preço médio da tonelada de celulose de fibra longa (NBKSP) na Europa em abril de 2024 foi de US$ 1.432, alta de US$ 47 sobre o preço médio vigente em março do mesmo ano para o mesmo produto e na mesma região (ver Tabela 3). Uma nova elevação de US$ 88 neste preço poderá ocorrer em maio, quando o valor médio da tonelada de celulose de fibra longa na Europa poderá ser de US$ 1.520. Entre setembro de 2023 e maio de 2024, a alta de preços em dólar norte-americano da tonelada de NBSKP na Europa, segundo a Norexeco, totalizará 32,3%.

Notícia continua após o anúncio

Na China, também se observam aumentos de preços do mesmo tipo de celulose em abril e maio de 2024. Segundo a Norexeco (ver Tabela 3), o preço médio da tonelada de NBSKP na China em março foi de US$ 733, passando a US$ 749 em abril e deverá ser de US$ 766 em maio (todos esses meses se referindo a 2024). No acumulado de setembro de 2023 a maio de 2024, segundo a Norexeco, o preço em dólar norte-americano da tonelada de NBSKP na China acumulará alta de 16,4%.

Altas de preços maiores ocorrem para os preços em dólar norte-americano para a tonelada de celulose de fibra curta (tanto de BHKP quanto de BEK) na Europa e na China. Entre setembro de 2023 e maio de 2024, essa alta será de 70,6% na Europa e de 30,9% na China, segundo os dados da Norexeco. Esta fonte indica o valor de US$ 1.280 por tonelada de BHKP na Europa em abril de 2024 e devendo ele ser de US$ 1.373 em maio. Produto similar na China, nesses meses respectivos, foi vendido a US$ 699 e US$ 720 por tonelada.

Altas de preços das celuloses (tanto de NBSKP quanto de BHKP) também ocorrem nos EUA, mas os dados divulgados livremente sobre esse preço vão até março de 2024. Segundo a Natural Resources Canada (ver Tabela 1), a tonelada de NBSKP nos EUA foi cotada a US$ 1.430 em fevereiro e a US$ 1.510 em março (ambos meses se referindo a 2024).

Os fabricantes nacionais de celulose também estão aumentando o preço lista em dólar norte-americano da celulose de fibra curta vendida no mercado interno. Em abril, este valor era de US$ 1.220, passando a US$ 1.301 em maio (aumento de 6,6% em apenas um mês). Os fabricantes nacionais pretendem elevar o preço lista, a praticar em maio de 2024, em US$ 81 para a tonelada de BEK vendida no mercado interno, enquanto na Europa, no mesmo período, a elevação é prevista em US$ 65 por tonelada de produto similar.

Há indicações de que os preços de alguns tipos de papéis já estão tendo elevações na Europa em abril do corrente ano. A Mintec (ver www.mintecglobal.com) sugere que houve aumento de 7% no preço em euros da tonelada de kraftliner e aumento de 10% no preço da tonelada de testliner em abril (frente a março) na Europa. De outro lado, nos EUA, o preço em dólar da tonelada de papel jornal ficou estável em abril frente a sua cotação de março de 2024. Lembrando que em março houve queda do preço deste produto em relação a sua cotação de fevereiro. E na China, ocorreram em abril e maio do presente ano quedas de preços em dólar norte-americano do papelão. Essas informações evidenciam que os fabricantes de papéis em vários países devem estar reduzindo margem de lucro, pois há aumento do custo de produção com aquisição de celulose a preços maiores e sem aumentos equivalentes nos preços dos papéis.

Os preços em dólar norte-americano do metro cúbico de compensado e de chapas de OSB tiveram comportamentos em direções distintas no Canadá em abril (quando comparados com seus valores de março). Enquanto houve queda de 0,5% no preço médio do metro cúbico de compensado, o preço médio do metro cúbico de chapas de OSB aumentou em 15,1%. No mesmo período, o preço do metro cúbico de tábuas de SPF (spruce, pine e fir) diminuiu em 6,9%.

Leia a análise completa no PDF


Últimas Notícias

Quem é a Lenzing? Como ela impulsionará a participação da Suzano no mercado de fibras têxteis?

Suzano expande no mercado de celulose têxtil com aquisição de 15% da Lenzing e nova unidade de produção da Woodspin para fibras sustentáveis

Irani investe mais de R$ 18 milhões em plataformas de PD&I

Projetos da Irani em PD&I (Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação) focam em inovações que abrangem o segmento de papel, embalagem, florestal e meio ambiente

Irani Papel e Embalagem avalia novo ciclo de investimentos

Irani avalia projeto "Plataforma Neos", com expansão da base florestal, aumento da produção de celulose de fibra longa, papel para embalagens e papelão ondulado

Branded Contents

INCAPE forma primeira turma do curso “Mulheres Papeleiras”

Iniciativa da INCAPE reforça o compromisso da empresa com o Pacto Global da ONU, rumo à igualdade de gêner

Thiago Karam Westphalen assume presidência da INCAPE

Thiago Karam Westphalen assume como diretor presidente da INCAPE, com planos de continuar a trajetória de sucesso da família na expansão dos negócios

Destaques Tecnológicos

Destaques tecnológicos do setor: Andritz, Contech, Hergen, Solenis, Valmet E Voith

Compartilhar

Newsletter

Mantenha-se Atualizado!

Assine nossa newsletter gratuita e receba com exclusividade notícias e novidades

Mais Colunas