As últimas novidades e notícias da indústria de celulose e papel. Artigos técnicos, tendências, tecnologia, inovação, ESG, cursos e mais.

     

    Quanto tempo você tem para o que realmente importa?

    Ela acorda pela manhã, engole seu café apressada e sai em direção ao trabalho. No percurso, mil pensamentos
    passam pela cabeça em fração de segundos. A programação de férias das crianças, os presentes de Natal que
    precisam ser comprados, aquele e-mail importante que precisa ser respondido, a entrega do relatório que está atrasada, a produção do ano, a confraternização do trabalho nos próximos dias… Ufa!

    Quem nunca viveu algo parecido? Quem nunca se viu divagando entre um pensamento e outro e lidando com inúmeras demandas ao mesmo tempo? Dias atrás, eu estava facilitando um treinamento para uma turma de executivos e falávamos sobre o quanto o foco, a disciplina e, especialmente, a resiliência, são essenciais para a sobrevivência profissional e pessoal neste mundo em constantes mudanças.

    O impacto da velocidade e exponencialidade das informações e mudanças na saúde mental e na qualidade de vida que temos, faz com que muitas vezes sequer percebamos o quanto “operamos” dia após dia no piloto automático. A grande verdade é que a tentativa de fazer e dar conta de várias coisas simultaneamente, o chamado multitasking é uma impossibilidade prática que gera um resultado oposto do desejado.

    Sendo mais direta, é um perigo para o sucesso. Abraçar o mundo nos tira o foco, afeta a nossa disciplina, nos sequestra do momento presente e, ao invés de estar em toda parte, acabamos não estando verdadeiramente em lugar nenhum. Um estudo realizado pelos psicólogos Matthew Killingsworth e Daniel Gilbert, da Universidade Harvard, e publicado na revista científica  Science (https://news.harvard.edu/gazette/story/2010/11/wandering-mind-not-a-happy-mind/)
    comprovou que cerca de 47% das horas que passamos acordados são gastas pensando em algo diferente do que estamos fazendo, e essa divagação mental normalmente nos deixa infelizes e ansiosos.

    E talvez nesse momento você esteja se perguntando, porque escolhi falar sobre isso no último artigo do ano? Simples. Acredito que este seja o momento perfeito para uma pausa reflexiva sobre a importância de estar verdadeiramente presente para si, praticar a presença plena e ter intencionalidade nas suas ações. É hora
    de sair do piloto automático, pensar na sua caminhada, em seus

    Notícia continua após o anúncio

    aprendizados, alegrias, desafios e nas suas escolhas que reverberam na saúde mental e emocional. Vamos aproveitar este momento para uma reflexão profunda sobre sua verdadeira presença nas áreas da vida que realmente importam? Pergunte-se: Estou vivendo a vida que desejo viver?

    Estou criando memórias e histórias que, um dia, ao olhar para trás sentirei orgulho em contar? Estou fazendo coisas que me dão prazer e me fazem feliz? O quanto estou presente e cuido de si? Para onde minha alma olha?

    Talvez, nesta reflexão, você perceba que sua carreira, embora importante, é um meio para alcançar seus objetivos, e não o destino final. Lembre-se de que o estilo de vida que escolhe viver, os momentos que decide valorizar e as experiências que opta por priorizar devem estar alinhados com a sua essência, seu verdadeiro eu e deve sempre ser sua prioridade.

    Portanto, ao dar as boas-vindas a 2024, abrace a oportunidade de moldar um ano que seja verdadeiramente seu, repleto de momentos que trazem significado e alegria. Que seja um ano de presença plena, conexões profundas e histórias memoráveis.

    Que você viva não apenas para trabalhar, mas trabalhe para viver a vida dos seus sonhos. Um ano para se reconectar, reimaginar e reescrever a magnífica jornada que é a sua vida.

    Receba o meu abraço apertado. Ótimo Natal e feliz 2024!

    Últimas Notícias

    Suzano anuncia novo CEO em substituição a Walter Schalka, a partir de julho

    O Conselho de Administração da Suzano elegeu João Alberto Fernandez de Abreu, diretor presidente da Rumo como futuro CEO da companhia. O atual CEO...

    Veracel atinge novo recorde de redução no uso de água

    A Veracel alcançou, em 2023, o menor índice médio anual de uso específico de água da história de suas operações

    CMPC lidera ranking de sustentabilidade corporativa da S&P Global 

    Na avaliação geral do ranking S&P Global Sustainability Yearbook, a CMPC ficou posicionada entre as 1% melhores colocadas. Na categoria Papel e Produtos Florestais superou as outras 38 companhias do setor.

    Branded Contents

    Solenis homenageia Suzano pelos 100 anos

    Suzano, Parabéns pelos 100 anos! Uma história repleta de grandes desafios e muito sucesso. Pioneirismo, inovação, tecnologia de ponta, atributos que facilmente conferiríamos a nós...

    Wana transformando inovação em solução

    A WANA é uma empresa 100% nacional com mais de 20 anos de atuação, especialista na produção de aditivos químicos poliméricos para diversos mercados,...

    Valmet e Suzano investem em inovação e tecnologia para impulsionar o desenvolvimento sustentável da indústria

    Suzano e Valmet celebram uma década de parceria em Imperatriz, MA, marcada por avanços tecnológicos e sustentabilidade na produção de celulose

    Compartilhar

    Newsletter

    Mantenha-se Atualizado!

    Assine nossa newsletter gratuita e receba com exclusividade notícias e novidades

    Mais Colunas